Após 22 anos, Max Wilson volta a Buenos Aires e reencontra circuito de primeira vitória internaciona


A Stock Car volta a Buenos Aires após 11 anos. Se o fim de semana no Autódromo Oscar Alfredo Gálvez será de ótimas de lembranças para a categoria, o mesmo acontece com Max Wilson. O piloto da equipe Eurofarma RC volta à capital argentina depois de 22 anos e vê a cidade portenha como o ponto de partida para sua carreira internacional.

Era 1995, quando Max Wilson vencia uma corrida da Fórmula 3 Sul-Americana, que naquele final de semana foi a preliminar do GP de Fórmula 1 da Argentina. O triunfo naquela que era sua segunda disputa na Fórmula 3, fez com que sua carreira tomasse um novo rumo.

“Foi uma corrida extremamente importante para mim e para a minha carreira. Após aquela vitória, fui apresentado ao Willi Weber, que foi empresário do Michael Schumacher. E ele me convidou para um teste na Fórmula 3 Alemã. Em consequência daquele triunfo e do teste, ingressei na Fórmula 3 Alemã a partir de 1996 e iniciei minha carreira na Europa”, relembra Max, que nos anos seguintes à Fórmula 3 Alemã, passou a ser piloto de testes da Williams, na Fórmula 1.